Um novo cenário para o Instituto de Pesquisas do DNIT

INSTITUCIONAL. Reestruturação prevê revisão de normativos e novos modelos de controle de qualidade dos serviços.

 

 

O DNIT está reestruturando seu Instituto de Pesquisas para adequá-lo ao novo cenário do setor de infraestrutura no país, de restrição de recursos públicos, novas tecnologias disponíveis e necessidade de respostas mais rápidas e efetivas. Para isso, está revisando seus normativos, ampliando sua área de atuação, desenvolvendo novos modelos de controle de qualidade dos serviços e modernizando as diretrizes de capacitação técnica, entre outros pontos.

A reestruturação começou com a transferência do Instituto de Pesquisas Rodoviárias do Rio de Janeiro para Brasília e a extensão  do seu leque de ação. Depois de construir um importante legado no setor rodoviário, que é modelo e referência nacional e internacional, o novo Instituto de Pesquisas do DNIT se prepara para incrementar a eficiência das soluções de engenharia adotadas nas obras de infraestrutura com a inserção das demais modalidades sob a responsabilidade da Autarquia.

Para enfrentar os novos desafios da Administração Pública, com o aval do Ministério da Infraestrutura, o novo Instituto de Pesquisas do DNIT vai realizar uma ampla revisão de seus normativos, com a utilização de novos métodos de pesquisas que envolvam tecnologias inovadoras para gerar maior eficiência aos gastos públicos; elaborar projetos-piloto para validar um novo sistema de controle de qualidade da execução dos serviços contratados; modernizar e ampliar o portfólio de capacitação técnica; elaborar a modelagem e diretrizes técnicas para nortear novos procedimentos de contratação de obras e serviços; celebrar parcerias e novos negócios com entes públicos e privados, nacionais e internacionais, visando a troca de experiências e tecnologia.

A modernização do Instituto, com maior autonomia administrativa e financeira, capacidade de interagir em diversas frentes com outros órgãos da Administração pública em todas as esferas, bem como com a iniciativa privada da infraestrutura de transportes, fará com que o DNIT possa se configurar mundialmente como um Centro de Excelência em Infraestrutura de Transportes.

A sustentabilidade do projeto está embasada na redução de custos e prazos para conclusão dos contratos do DNIT associados aos projetos de engenharia e obras; na diminuição de ocorrências de auditorias externas que ocasionam paralisação de obras e serviços; e no retorno financeiro advindo da “carta de produtos” que o instituto poderá oferecer aos Setores Público e Privado.

 

FONTE Coordenação de Comunicação Social - DNIT