Paranaguá amplia Terminal de Contêineres e aumenta sua capacidade em 66%

Com investimento de R$ 550 milhões, autorizado pelo Governo Federal, Paranaguá passa a ser o maior terminal para contêineres do Brasil.

O Terminal de Contêineres de Paranaguá (TCP) teve um crescimento de 66% em capacidade de movimentação de carga após o término das obras de ampliação, realizadas a partir do trabalho conjunto do Governo Federal e da operadora do Porto, China Merchants Port Holding Company (CMPort). Com isso, o cais da TCP passou de 879 m para 1.099 m de extensão e de 40,75 m para 50 m de largura.

O empreendimento também iniciou a operação de dois novos portêineres fabricados pela chinesa ZPMC (Shanghai Zhenhua Port Machinery Co. Ltd). Com a expansão e a consequente possibilidade do terminal de operar simultaneamente três dos maiores e mais modernos navios de contêineres em operação na América Latina – além de um navio de transporte de automóveis –, o TCP passará de 1,5 milhão de TEUs/ano para 2,5 milhões de TEUs/ano em capacidade de movimentação.

De acordo com o diretor de Novas Outorgas e Políticas Regulatórias Portuárias do Ministério da Infraestrutura, Fábio Lavor Teixeira, este é o maior investimento realizado no setor portuário do Brasil nos últimos cinco anos, e irá impactar diretamente na redução dos custos de operação dos portos paranaenses. “Haverá um salto de qualidade na operação e um potencial incremento de movimentação, pois temos agora um terminal muito mais eficiente", afirmou Lavor. "Para que nossos produtos cheguem competitivos ao mercado internacional, é preciso uma logística cada vez melhor. Essa parceria reforça ainda mais os laços comerciais do Brasil com a China, evidenciando que o nosso país é um excelente local para investimentos estrangeiros”, destacou.

 

FONTE Assessoria Especial de Comunicação | Ministério da Infraestrutura