Baixo crescimento brasileiro deve continuar em 2019

Análise da CNT indica que o mau desempenho do mercado interno e da economia global explica o desaquecimento da economia.

 

 

Segundo a nova edição do Conjuntura do Transporte – Macroeconomia, da Confederação Nacional do Transporte, o baixo crescimento da economia brasileira deve perdurar em 2019. O motivo é o mau desempenho do mercado interno e da economia global.

Baixe aqui o Conjuntura do Transporte – Macroeconomia

“O Brasil reunia, em 2017, no contexto pós-crise, diversos fatores apropriados para voltar a crescer a taxas significativas. Entraves internos e incertezas atuaram para impedir que as expectativas se transformassem em decisões efetivas de consumo e investimento, fazendo o país crescer e a taxas modestas”, indica a publicação.

Pela análise da CNT, a reforma da Previdência é imprescindível para reverter esse quadro de baixo dinamismo econômico. “Desaquecimento da economia global será um fator negativo no processo de retomada do crescimento brasileiro, fazendo com que a expansão do PIB nacional tenha de ser embasada mais em elementos internos.”

 

FONTE CNT